fernandosoares_31-03-2021

Edições anteriores

RECADO
O que se faz com os jovens irresponsáveis que no auge da pandemia continuam participando de baladas e aglomerações, facilitando a transmissão do vírus? Sugestão: obrigar cada um deles a fazer plantão em UTI, UBS e afins para sentirem de perto o drama que o país está vivendo. De preferência, plantão para fazerem faxina, limpando banheiros e socorrendo os que chegam sem condições sequer de ficarem em pé. Quem sabe, assim, acordam. Que tal a sugestão?

 

INVESTIDURA
O essencial Moacir Saturnino de Lacerda, integrante do Grupo Acaba e um dos grandes pesquisadores e defensores da cultura, agora é oficialmente membro do Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso do Sul (IHGMS). A posse foi oficializada pela presidente Maria Madalena Dib Mereb Greco, no último dia 27. 
 

VOLTA DO TAVEIRA
Luz acesa na Vila Famosa – é o Taveirópolis que voltará a desfilar nos gramados de Campo Grande e Mato Grosso do Sul. Reorganizado no Rio de Janeiro por seu atual presidente, Marcelo Pantera, dono da The Panther, uma empresa de assessoria que lança e agencia talentos esportivos, o clube ficou 15 anos fora de competições (das quais saiu atolado em dívidas). Pantera parece que pôs as contas em dia e está montando o elenco para retornar jogando a Série B do Campeonato Estadual.

 

ENQUANTO ISSO… 
Em Brasília, a debandada foi grande. Esplanada em Brasília ferve. Seis ministros saindo, todos no mesmo dia. Ave, Maria! 
 

SUSTENTABILIDADE
 Foi realizada na quinta-feira passada, 25, a Audiência Pública Virtual para a apresentação do Relatório de Impacto Ambiental (Rima) sobre o licenciamento do Terminal Portuário de Uso Privado Paraíso (TUP Paraíso), no distrito de Porto Esperança, em Corumbá. Esse será o outro polo de ligação hidroviária pelo Rio Paraguai com o Terminal Portuário Paratudal, a 100km de Cáceres (MT).
 

GOLEADORA
Quem se lembra de Michael Jackson, a ex-atacante da seleção brasileira de futebol feminino? Aos 58 anos, Mariléia dos Santos – seu verdadeiro nome – faz jogos de apresentação com antigas e atuais atletas. Deixou os gramados nos anos 1990, com várias conquistas dentro e fora do país, por clubes e pela seleção brasileira, como a medalha de bronze no Mundial experimental da China, 1988, quando fez três gols. Ela, aliás, teria feito mais gols que Pelé durante a carreira: 1574.

 

ATÉ QUANDO?
 Na sexta-feira, o empresário e radialista Armandinho Anache era internado na UTI da Cassems em Corumbá. Infectado pelo coronavírus, recupera-se pouco a pouco. No mesmo dia, um de seus maiores amigos e colegas de carreira, o advogado e jornalista José Carlos Cataldi, 67, morria em Pindamonhangaba (SP), vítima da doença. Na véspera, o coronavírus havia ceifado a vida do radialista e ex-candidato a prefeito de Corumbá Adílson Lobo (Avante), 73. Anteontem, o querido jornalista Denilson Pinto, também foi vencido pelo coronavírus, aos 53 anos e ontem, o radialista, Armandinho Anache se foi.

 

ENERGIA
Começou a operar neste mês, em Três Lagoas, ainda na fase de testes, a Usina Termelétrica Onça Pintada, um investimento de R$ 350 milhões do Grupo Eldorado Brasil. A energia gerada provém da biomassa de eucalipto. A usina pretende disponibilizar para o sistema nacional 50MWh (megawatts-hora) de energia elétrica, geração com capacidade para abastecer uma cidade de 300 mil habitantes.

 

INCLUSÃO PANTANEIRA
Amanhã, dia 1º, a partir das 16h, a jornalista e consultora Cláudia Medeiros, a coordenadora do Ponto de Cultura Sapicuá Pantaneiro, estará ancorando uma live sobre economia criativa. Está confirmada a participação do especialista em negócios e inovação André Lyra. A live tratará das ações para valorizar-se a arte e a cultura na região num projeto que vem garantindo formação de artesãs nas fazendas e cidades ribeirinhas. Medeiros é esposa do músico, intérprete, compositor e pantaneiro Guilherme Rondon. 
 

QUEREM CHOCOLATE
As acadêmicas da Unigran Capital estão fazendo uma campanha digna de aplausos em parceria com o serviço de psicologia do Hospital Regional de MS para arrecadarem qualquer tipo de chocolate – bombom, ovo de Páscoa, alfajor – e distribuírem aos pacientes. As doações podem ser feitas até amanhã, 1º de abril. 
 

PENSAMENTO DO DIA
“Dizem que a sinceridade machuca, mas, na minha opinião, a mentira faz um estrago bem maior." 
 

NA LEMBRANÇA
Antônio Moreira da Silva entrou na história da música popular brasileira encarnando o malandro carioca. Nasceu na Tijuca, no Rio de Janeiro, em 31 de março de 1902, mas sempre brincava dizendo que era de 1º de abril. Em seus 98 anos de vida e de sucesso, o cantor, compositor e boêmio da Lapa, imortalizado pelo apelido de Kid Morengueira, gravou centenas de sambas sincopados e deixou esta brilhante frase: "A malandragem nunca existiu para mim. Sou um bípede mamífero que sempre trabalhou".

     

SÍTIO DE BURLE MARX CONCORRE A PATRIMÔNIO MUNDIAL DA UNESCO

   

Fotos: RIOTUR

Burle Marx encanta pessoas Brasil afora: o paulista deixou sua marca em diversos Estados brasileiros, na capital norte-americana, Washington, e foi reconhecido internacionalmente na Holanda, Inglaterra, além dos Estados Unidos, pelo seu trabalho. Por quebrar o padrão de simetria dos jardins franceses, Burle Marx foi considerado, pelo Instituto Americano de Arquitetos, o criador do jardim moderno. No Brasil, o paisagista deixou uma grande contribuição tanto para a ciência, quanto para o turismo: o Sítio Roberto Burle Marx. A propriedade, que também foi residência do arquiteto, com cerca de 365 mil m², está localizada na Zona Oeste do Rio de Janeiro e reúne mais de 3.500 espécies de plantas tropicais e subtropicais de diversos cantos do mundo. Por causa da arquitetura e do paisagismo inigualáveis projetados por Burle Marx, o sítio tornou-se candidato a Patrimônio Cultural Mundial da Unesco. Reaberto para visitas públicas em janeiro de 2021 pela primeira vez desde o início da pandemia (tanto em seus jardins quanto no interior da casa), o sítio foi residência de Burle Marx entre os anos de 1973 e 1994.

 

Jardim do Sítio Roberto Burle Marx.

 

A Loggia serviu como ateliê de pintura e serigrafia de Burle Marx e é revestida por azulejos pintados pelo paisagista. 

 

Os visitantes encontrarão expostas diversas  criações do artista, desde cerâmicas e painéis de azulejo, a móveis e tapeçaria.

 

Sítio Roberto Burle Marx concorre a Patrimônio Cultural Mundial da Unesco.

 

A capela Santo Antônio da Bica foi restaurada por Burle Marx, em um projeto supervisionado pela dupla de arquitetos Carlos Leão e Lúcio Costa.

 

Casa de Roberto Burle Marx.