fernandosoares_17-03-2018

Edições anteriores

POR AQUI
Na segunda-feira, o senador do Paraná, Álvaro Dias, desembarca em Campo Grande. Vem acompanhado do senador Romário, do ex-jogador Bebeto e da deputada federal Renata Abreu, presidente nacional do Podemos. Às 19 horas, ao lado de Chico Maia, no Parque de Exposições, filiarão novos aliados ao partido.
 

A DEVOLUÇÃO
 Sem autorização dele, a coluna conta um episódio que poucos conhecem da vida do jornalista Edson Moraes, que completou 63 anos, na quinta-feira, 15. Quando ele fez 43 anos, em 1998, foi presenteado por figura muito conhecida nos meios empresariais e políticos da época, com um pacote contendo US$ 35 mil. Mesmo com familiares muito próximos enfrentando graves problemas de saúde, o jornalista recusou. Sabia que o dinheiro tinha origem ilícita. E resolveu devolver. Foi difícil. O autor do presente não queria aceitar a devolução. Só com muita insistência, e depois de uma semana tentando, a devolução aconteceu, assim mesmo, “na marra”, em frente a uma clínica médica, onde era feito o tratamento de um familiar. Talvez o jornalista não tenha contado isso para a própria família. A coluna ficou sabendo disso há algum tempo, pela boca do próprio autor do presente referido.


EFEITO
Diante dos últimos acontecimentos, em decisões e pareceres que atingem diretamente as administrações públicas, alguns pré-candidatos já começaram a mudar seus discursos. Antes, quem anunciava que iria tomar determinado rumo político, agora, já diz que aguardará orientação do partido.
 

RESULTADO
Quando Gilmar Olarte assumiu de forma rasteira a Prefeitura de Campo Grande, para se manter no cargo, ele atendia a “gregos e troianos”, principalmente os vereadores aliados, fazendo nomeações e causando verdadeiro “inchaço” com excesso de nomeações. Comprovado esse total descontrole, denunciado pela vereadora na época, Luíza Ribeiro, e que causou prejuízos enormes à Prefeitura, o juiz David de Oliveira Gomes Filho, da 2ª Vara de Direitos Difusos, o condenou a pagar multa de R$ 100 mil, entre outras sanções administrativas. Cabe recurso.
 

EXPLOSÃO
A Netflix conquistou corações mundo afora, de uma maneira tão avassaladora, que fica até difícil imaginar uma realidade sem a plataforma de streaming. Presente em mais de 190 países e com, aproximadamente, 100 milhões de assinantes, o serviço norte-americano possui, além de séries e filmes, bons documentários em seu repertório. Entre os mais variados assuntos, como arquitetura e gastronomia, está o conteúdo de moda, capaz de fazer qualquer aficionado pelo assunto desmarcar uma balada com os amigos para ficar em casa "maratonando".
 

EFEITO ESTÁCIO
O covarde e brutal assassinato da vereadora Marielle Franco provocou uma nova e extremamente nervosa onda de confrontos retóricos nas redes sociais. Tão raivoso está o ambiente, que há amizades se desfazendo, sociedades empresariais estremecendo e até mesmo romances em rota de colisão. Não deveria ser assim. A dor diante de um fato tão chocante teria que promover a união de todos os que são contra as injustiças.
 

EFEITO ESTÁCIO (II)
Parece que está sendo retomada a ideia de construir um palanque único para as esquerdas, na próxima sucessão presidencial. Setores do PSOL – partido da vereadora Marielle Franco – que eram radicalmente contra caminhar ao lado do PT, já começam a dar sinais de flexibilidade. O PCdoB também acena. Resta saber se PCB, PCO e PSTU teriam igual disposição. Sem Lula, que não deve ser candidato, curiosamente a união esquerdista pode ser facilitada.

 

TAMBÉM CONCORDO
O governador Reinaldo Azambuja, que buscará a reeleição, tem dito que “Política não se faz com fígado”, e tenta buscar diálogo com todos os partidos, para construir uma ampla aliança. Ele tem dito que o sistema de governo que implantou em Mato Grosso do Sul foram medidas adotadas para não deixar nosso Estado afundar, como aconteceu em outros estados, que até hoje não conseguem pagar o salário do funcionalismo público em dia, tampouco promover investimentos.
 

DE VOLTA
Alfredo Zamlutti Jr não resistiu. Envolvido pela pressão de amigos e admiradores, aceitou reintegrar-se ao quadro dirigente da Federação de Futebol (FFMS). Vai ter que se desdobrar na presidência da Federação das Associações Empresariais (Faems), na Federação de Futebol e nas atividades do agronegócio como criador de gado de elite. Tempo? Será que vai dar conta? Tratando-se de Alfredinho Zamlutti, não duvidem...
 

VAI... OU RACHA
Marquinhos Trad (PSD) vai encarar o desafio de tirar do papel, concretamente, o sonho campo-grandense de massificar gratuitamente o acesso à Internet. Em Brasília, na quarta-feira, o prefeito assinou com o presidente Michel Temer e o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, o termo de adesão da cidade ao Programa Internet Para Todos. Com Trad, Campo Grande chegou à quarta gestão local (duas de Nelsinho Trad e uma de Alcides Bernal) em que tal objetivo só ficou no desenho.
 

NA LEMBRANÇA
No dia 17 de março de 1921, em Recife, nasceu o inesquecível jornalista, cronista, compositor e boêmio Antonio Maria. De vida curtíssima (morreu aos 43 anos, de infarto, ao sair de um bar em Copacabana), ele escreveu textos históricos sobre a vida cotidiana e os amores perdidos e compôs músicas como Valsa de uma Cidade (Vento do mar e o meu rosto no sol a queimar, queimar/ Calçada cheia de gente a passar e a me ver passar/ Rio de Janeiro, gosto de você/ Gosto de quem gosta/ Deste céu, deste mar, desta gente feliz). Mas uma frase dele, em especial, dita quando de sua prisão pela ditadura, merece destaque. Na ocasião, os agentes da repressão pisotearam suas mãos. Ele apenas afirmou: "Que bobos! Eles pensam que eu escrevo com as mãos". Genial...

 

Fotos: Gabriel Santos

Deborah Morbim, Margaret Dibo Lane e Mônica Simioli

 

As elegantes, Elizete Feitosa e Vera Recalde

 

Alexandre Dibo e o empresário Dicélio Lane

 

A decoradora Maria Inês Martinusso e a empresária Regina Torres

 

Larissa Lopes, Grazielle Cuellar e Monique Evely

 

Simone e o eterno delegado da Polícia Federal, Aldo Brandão

 

A nutricionista Priscila Reis e o namorado, Jabes Ferreira Jr.

 

As publicitárias, Amanda Scudler e Mariana Monaline