fernandosoares_13-03-2018

Edições anteriores

MULHERES POR AMOR A CAMPO GRANDE

 

 

Fotos: Gabriel Santos

A coordenadora de Políticas Públicas do Estado, advogada Luciana Azambuja, e a empresária Regina Caneppele

 

A dentista Jacqueline Lopes e Gislene Garcia

 

A presidente do BPW, Jussara Feltin, e a assistente social Iná Rezende

 

As empresárias, Senedir Alem e Cassiane Nunes

 

A advogada Lívia Barbosa Rodrigues e a dentista Andressa Trad

 

A empresária Fátima Figueiredo e a filha, Amélia Alice Vieira

 

Andressa Bento, Andréa Furtado e Alessandra Rosa

 

Danielle Cinti do Valle e Ada Lima, da Plaenge Construções

 

 

 

RECADO
A polêmica Taxa de Lixo, já aprovada pela Câmara de Vereadores da Capital, foi revista pelo prefeito Marquinhos Trad. A informação do prefeito é que 87% dos proprietários de residências de Campo Grande pagarão menos de R$ 200 ao ano, pela Coleta.
 

ESPERADO
A nova série nacional da Netflix, O Mecanismo, já desperta curiosidade antes mesmo da estreia, por ser livremente inspirada na operação Lava Jato. Marcada para lançamento mundial, dia 23 de março, a produção mostrará um Brasil dividido politicamente. O principal desafio é agradar um público marcado pela polarização dos últimos anos. Criada por José Padilha (Tropa de Elite, Narcos) e Elena Soarez (Filhos do Carnaval), foi filmada em Brasília, Rio de Janeiro, Curitiba e São Paulo, O Mecanismo será disponibilizada em 190 países e conta com atores de peso, como Selton Mello, Caroline Abras, Enrique Diaz e Alessandra Colasanti. A temporada terá oito episódios.
 

TAMBÉM CONCORDO
 No sábado, em Ivinhema, depois de lançar um pacotão de obras, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), oficializou sua pré-candidatura para reeleição. Diante da crise que assola o País, ele quer mostrar que seu primeiro mandato superou as dificuldades, honrando os salários dos servidores e, ainda, investindo em quase todos os setores. Alegando não ter medo de desafios, trará como slogan de campanha, “MS que dá certo”. Reinaldo tem dito que política não é profissão. É missão!

 

ADEUS
No domingo, a morte do cardiologista José Carlos Dorsa, filho dos professores universitários Arlinda e Antônio Dorsa, comoveu os amigos. Ele foi encontrado caído em uma sauna, já sem vida, em função de um fulminante infarto.
 

BOA NOTÍCIA
Ultimamente, fazer uma tatuagem não é mais necessariamente sinônimo de algo definitivo. Mesmo assim, removê-las continua sendo uma tarefa árdua, dolorosa e cara, exigindo várias sessões de laser, até que os desenhos escolhidos desapareçam por completo. A boa notícia é que um estudo publicado no periódico científico Journal of Experimental Medicine revela que os lasers não atingem as camadas mais profundas da pele, onde possui as células como macrófagos. Com essa descoberta, abre-se caminho para que esses e outros experts trabalhem no desenvolvimento de luzes que atinjam o pigmento e os benditos macrófagos.
 

ON LINE
O ministro das Comunicações, Gilberto Kassab, amigo do prefeito Marquinhos Trad, incluiu Campo Grande como uma das três capitais brasileiras a ingressar no programa Internet Para Todos. A ideia é fazer liberação de sinal em escolas, creches, hospitais, maternidades e terminais de ônibus, gratuito a todos.
 

CRIAÇÃO DE EXCELÊNCIA
Merecedora de aplausos a recente participação internacional do presidente do Sindicato Rural de Campo Grande e do Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável, Rui Fachini Filho. Na Conferência da GRSB (Global Roundable for Sustentable Beef), que aconteceu em Chicago (EUA), ele apresentou, com demonstrativos convincentes, as conquistas que o GTPS vem encaixando no aprimoramento do sistema de indicadores para assegurar aos criadores e ao mercado os melhores níveis de sustentabilidade da pecuária.
 

NA TERRA DE CAMÕES
Portugal recebe, na próxima quinta-feira, 15, os poetas e escritores Rubênio Marcelo e Elizabeth Fonseca. A dupla lançará na Universidade de Aveiro duas de suas obras, “Vias do Infinito Ser e “Jardim da Poesia”. É mais um reforço ao intercâmbio cultural luso-brasileiro, sob os auspícios das academias de letras dos dois países.

 

César Alves

 

NA ILHA DE CARAS
Com destacada atuação no eixo Sampa-RJ, o produtor, estilista e especialista em ambientes Carlos Henrique Duarte assina novas criações, entre elas as edições especiais do “Noivas”, da revista Caras. Entre uma e outra arte, o talentoso campo-grandense e diretor da CHD Produções dedica total atenção às amizades e celebridades que produz, entre as quais a atriz global Lília Cabral.

 

NA CONCHA
 Artistas, intelectuais, socialites, políticos e estudantes tomaram conta da Concha Acústica Helena Meirelles, durante o show de comemoração dos 20 anos do “Falange da Rima”. O talentoso e resistente grupo precursor do rap em Mato Grosso do Sul foi muito aplaudido, sobretudo nas performances de sucessos consagrados como “Circo dos Horrores” e “Vagabundo Treme”.

 

ACABA CONTINUA
Mais um capítulo da belíssima história do Grupo Acaba e na sequência de atos e fatos que ilustram seus 50 anos de atividade: no próximo dia 9 de abril, na Livraria Le Parole, a partir das 18h30min, mais uma imperdível sessão de lançamento da antologia dos Cantadores do Pantanal. A Le Parole fica na Rua Euclides da Cunha, 1126.
 

TRAMPOLIM
Andam dizendo que ao lançar sua pré-candidatura à sucessão de Michel Temer, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM/RJ), pôs numa encruzilhada o seu colega Luiz Henrique Mandetta (DEM/MS), que se apresentaria como aspirante ao governo estadual, na garupa do vice-líder das pesquisas da sucessão presidencial, Jair Bolsonaro. Resta saber se Mandetta permanecerá no DEM.
 

TRAMPOLIM (II)
Ao contrário do que muita gente imagina, e até comenta, o presidente da Caixa de Assistência dos Servidores Públicos (Cassems), Ricardo Ayache, não tem desejo radical de disputar cargo eletivo, este ano. Pode sair ou não, porém sem sangria desatada. E também não acerta quem aposta que Ayache esteja querendo fazer destas eleições uma alavanca para o plano de disputar a Prefeitura de Campo Grande, em 2020. Tem gente viajando na rapa suja da maionese.


NA LEMBRANÇA
Cantor punk e apresentador de TV, João Gordo nasceu em 13 de março de 1964, em São Paulo. Na pia de batismo, recebeu o nome de João Francisco Benedan, mas foi como líder do grupo Ratos de Porão que se notabilizou pelo estilo irreverente, brincando até com suas próprias características, como mostra esta frase: "Não me abaixo nem para pegar dinheiro. Sou o maior preguiçoso do universo".