fernandosoares_07-08-2018

Edições anteriores

MAIS FLASHES DA FESTA DE 40 ANOS DA AMAMSUL

   

Fotos: Gabriel Santos

O desembargador Eduardo Rocha e a esposa, Simone

 

Célia Leandro e o desembargador Paschoal Carmelo Leandro

 

O juiz de Direito da 2ª Vara do Juri, Aluízio Pereira Dos Santos, e a esposa, Cibele

 

O advogado Marcelo Hanson, a namorada, Thalita Graeff, e o pai, desembargador Marco André Hanson

 

A advogada Bruna Fassa e os pais, Cláudia e o desembargador Odemilson Fassa

 

A engenheira Rosana e o desembargador Fernando Mauro Moreira Marinho

 

A pecuarista Fátima e o desembargador Nélio Stábile

 

A juíza de Direito, Katy Braun Do Prado, e o marido, advogado, Wilson Prado

 

 

 

UM INGLÊS CHINÊS
 Londres Machado, 76, não suportou o sereno de quatro anos, iniciado em 2014, quando vestiu o pijama e abriu espaço para sua filha, Grazielle, se eleger deputada estadual. Agora, dá um safanão na aposentadoria. Grazielle desiste de tentar a reeleição e o pai-pai volta à ativa, reenergizado, em busca de seu 12º mandato de deputado estadual. Com prenome de inspiração britânica e chamado de China em círculos afetivos mais próximos, o decano político sabe que, se eleito, fatalmente terá seu nome ponteando as preferências para comandar a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, que já presidiu por seis vezes.


SÓ DEU GAÚCHO!
Dúvida, dúvida cruel. Um estado vira uma colcha de retalhos das mais variadas tendências políticas. Olhem só os candidatos que vêm do Rio Grande do Sul: General Mourão, vice de Bolsonaro, gaúcho de Porto Alegre; Ana Amélia, vice de Alckmin, gaúcha de Lagoa Vermelha, Rigoto, vice de Meirelles, gaúcho de Caxias do Sul, Manuella, candidata a presidente, mas que poderá ser vice na chapa do PT, gaúcha de Porto Alegre, João Vicente Goulart, filho de Jango, candidato a presidente. Agora, só cabe aos gaúchos irem ao cemitério de São Borja e invocar os espíritos de Getúlio, Jango e Brizola para pedir uma ajudazinha, orientando em quem votar.
 

RECUOS
O senador Aécio Neves (PSDB-MG) desistiu de concorrer à reeleição e optou por um mandato teoricamente menos complicado para se obter: o de deputado federal. Em Minas Gerais, quem lidera as intenções de voto para o Senado é a ex-presidente petista Dilma Roussef, cujo impeachment teve em Aécio Neves um dos principais responsáveis. Em São Paulo, a senadora Marta Suplicy (MDB) também voltou atrás e não quer mais tentar a reeleição. Anunciou que está fora do partido e da política de mandatos, dizendo-se decepcionada com o presidente Michel Temer. Para registrar: Marta foi eleita senadora com 8,3 milhões de votos.
 

VALENDO
O STJ decidiu que os defensores públicos não precisam de inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil para trabalhar. De acordo com a 2ª Turma do STJ, embora a atividade de defensor seja “muito semelhante” à dos advogados, elas não são iguais, por exercerem atividades de representação judicial e extrajudicial, de advocacia contenciosa e consultiva, o que se assemelha bastante à Advocacia, tratada em Seção à parte no texto constitucional. Ao lado de tal semelhança, há inúmeras diferenças, pois a carreira está sujeita a regime próprio e a estatutos específicos e são submetidos à fiscalização disciplinar por órgãos próprios, e não pela OAB.
 

JUNTOS
Graças a Deus, os desentendimentos acabaram. Das músicas cantadas por Gian & Giovani, Saudade Bate Forte é a minha predileta. Felizmente, voltaram a cantar juntos, depois de 4 anos separados. Os conheci na época da Revista Caras, quando fui um dos subeditores do Centro Oeste. Uns amores, e até me convidaram para passar alguns dias na chácara deles, em São Paulo. Depois, uma vez, sem querer, os encontrei na portaria de um hotel em Cuiabá. Todos os dias, agradeço a Deus por ter me dado, como jornalista, tantas e tantas oportunidades de conhecer locais e pessoas tão especiais, como os amados Gian & Giovani. E, para encerrar o dia de hoje, com um certo romantismo e um pouco de nostalgia do passado, deixando de lado por pouco tempo a meleca da política, que toma conta dos noticiários, nada como ouvir Saudade Bate forte.

 

TAMBÉM CONCORDO!
 
Palavras de quem sabe das coisas: “vejo com muita tristeza troca de ofensas nas redes sociais, por conta da política. Não se perde amigo por conta de opiniões diferentes. A eleição passa... os políticos acertam... e perdemos os amigos”. Tereza Name.

 

SINTONIAS
Bem-informado, sério e inteligente, Reinaldo Rosa é um dos jornalistas mais credenciados na abordagem crítica e informativa sobre o universo das comunicações. Ler o que escreve o blogueiro é uma agradável obrigação diária. Em duas das recentes antenadas do Reinaldo, os seus leitores saberão que: 1) quem procura na web a página da Rádio Educação Rural, de Campo Grande, acaba enviado pelo Google para a Rádio Rural de MS; e 2) os internautas que vasculham rádios na Internet andam elogiando a emissora da Marinha (em Ladário), sobretudo pela programação de bom gosto.
 

LUTO
Postagem feita ontem, nas redes sociais, dizendo que dona Zilda Campos, ex-primeira dama de Bandeirantes, muito conhecida e respeitada naquela cidade, faleceu. Que os Espíritos de Luz a acompanhem pelos novos caminhos.

 

DOIS GUMES
 Uma faca de dois afiados gumes. Assim pode ser definida a escolha de Sérgio Harfouche (PSC) para vice na chapa da emedebista Simone Tebet. No corte positivo, a aura da intocabilidade, reforçada pela visibilidade nas intervenções pelo combate e prevenção às drogas. No corte que incomoda, os discursos que podem alojar a chapa no flanco extremo da direita mais rançosa e atrasada. Quem conhece, sabe que o MDB tem no abastecimento político e programático de sua história doses substanciais de oxigênio democrático e humanista, fornecido por forças do centro, da centro-esquerda e até da extrema esquerda. Em eleição de dois turnos, esse recorte pode fazer a diferença, tanto positiva quanto negativamente.


GARGANTAS
Tem amante de música clássica e de vozes poderosas preparando as malas para assistir o retorno de Andrea Bocelli, ao Brasil. O incensado tenor italiano agendou três apresentações para setembro próximo, em Porto Alegre, Distrito Federal e São Paulo,
 

VERBO DO NANO
Nano Jurgielewicz encantadíssimo com a deslumbrante netinha, Marie. É desse jeito que caducar ganha novo e gratificante significado, podendo ser substituído por outros verbos - remoçar, por exemplo.
 

PENSAMENTO DO DIA
“Aprendi a não me vingar. Gente ruim cai sozinha, não precisa de empurrãozinho. Mantenho minhas mãos e meu coração limpos, não deixo o mal dos outros me contaminar. eles acabam tropeçando nos próprios erros. Assim como o corpo precisa de alimento, a gente precisa de amor pra se sustentar. Alma vazia não para em pé.”
 

NA LEMBRANÇA
Hoje, os jornalistas de cultura, Brasil afora, estão em festa. É que o ídolo maior de nove entre dez coleguinhas da área, o cantor e compositor Caetano Veloso, completa 76 anos de idade, ingressando de vez no rol dos idosos do Brasil. Nascido em Santo Amaro da Purificação, na Bahia, ele ganhou o Brasil e o mundo, a partir dos anos 1960, quando liderou o chamado movimento tropicalista. Brilhante nas músicas, Caetano é polêmico ao falar, como revela esta frase: "Sou modesto no que diz respeito à criação e não o sou, pessoalmente. Me acho melhor do que Chico, Milton e Gil juntos".