fernandosoares_06-10-2017

Edições anteriores

Fotos: Gabriel Santos

O secretário de Governo e Gestão de MS, Eduardo Riedel, e a esposa, Mônica

 

O pecuarista e presidente do Sindicato Rural de Campo Grande, Ruy Fachini, a filha, Victória, e a esposa, Márcia Fachini

 

O pecuarista André Barbosa e a esposa, Karime Barbosa

 

O engenheiro civil Cassiano e a advogada Patrícia Miglioli

 

O pecuarista Zelito Ribeiro e a esposa, Fabrícia

 

O empresário Luis Saad e a esposa, Regina Saad

 

O empresário Enrico Feitosa e a esposa, Rafaela

 

NA LEMBRANÇA
Se não tivesse desaparecido num acidente aéreo em 12 de outubro de 1992, Ulysses Guimarães completaria hoje 101 anos. Paulista de Rio Claro, ele foi o símbolo da resistência democrática ao regime militar, liderando na Câmara dos Deputados o movimento pela anistia e as "Diretas Já!". Era um apaixonado pela política e costumava dizer o seguinte sobre a atividade: "Política não se faz com ódio, pois não é função hepática. É filha da consciência, irmã do caráter, hóspede do coração. Eventualmente, pode até ser açoitada pela mesma cólera com que Jesus Cristo, o político da Paz e da Justiça, expulsou os vendilhões do Templo. Nunca com a raiva dos invejosos, maledicentes, frustrados ou ressentidos. Quem não se interessa pela política, não se interessa pela vida".

 

SITUAÇÃO
A decisão do juiz Alexandre Antunes da Silva, da 1ª Vara de Direitos Difusos, mandando bloquear R$ 85.196.446,29 das empresas LD Construções, e até do ex-prefeito Nelsinho Trad, tem fundamento legal. Quando Nelsinho era prefeito, em 2012, foram gastos R$ 109.908.652,23 em tapa-buracos, num esquema comandado pelo seu cunhado, na época, João Amorim. E foi nessa mesma época que apareceram aquelas denúncias de “tapa-buraco fantasma”. Hoje, na gestão de Marquinhos Trad, o valor é de R$ 47 milhões/ano. Portanto, já dá para se ter uma noção de como funcionava o esquema.
 

OTIMISTA
O governador Reinaldo Azambuja tem evitado falar de reeleição, mas amigos próximos confessam que Reinaldo não teme disputar a reeleição, com nenhum ex-governador do Estado. Até porque, todos têm um passado assustador e sem discurso algum de combater a corrupção. A única acusação contra ele é a dos irmãos Batista da JBS, sem prova nenhuma, apenas na fala, e Reinaldo diz que provará sua inocência.
 

CADEIRA
Dorival Betini, que já foi o braço direito do ex-deputado estadual Londres Machado, acaba de ser nomeado para exercer o cargo de superintendente do Ibama, em Mato Grosso do Sul. Natural de Itaquiraí, Betini já foi presidente do nanico PRP.
 

SUSTENTÁVEL
O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Divoncir Schreiner Maran, e o diretor da Escola Judicial (Ejud-MS), desembargador Júlio Roberto Siqueira Cardoso, celebram a adesão maciça ao convite para o I Seminário Sul-Mato-Grossense de Gestão Socioambiental do Poder Judiciário. A abertura será hoje, no plenário do TJ.
 

SERVIÇO SOCIAL
Duas chapas disputam o Conselho Regional de Serviço Social 21ª Região: Lana Amaral Nunes e Ivone Alves Rios. Quem vencer substituirá Valdereis Freitas de Souza, que assumiu a presidência em caráter interino. O mandato é de três anos. A votação é feita por correspondência ou presencial, hoje, 06. Eloísa de Castro Berro, ex-secretária estadual de Assistência Social, Trabalho e Economia Solidária, está pedindo votos para Lana Nunes.
 

SEM PAPAS
O controverso Jair Bolsonaro recebeu uma notícia não muito boa, esta semana: ele terá que pagar um valor de R$ 50 mil em danos morais por declarações racistas que fez em seu discurso no Clube Hebraico, no Rio de Janeiro. Na ocasião, que ocorreu em abril, o presidenciável declarou, de forma pejorativa, que as reservas indígenas e quilombolas atrapalham a economia por darem muitos custos. “Eu fui num quilombo em que o afrodescendente mais leve lá pesava sete arrobas. Não fazem nada! Eu acho que nem pra procriador ele serve mais. Mais de R$ 1 bilhão por ano é gastado com eles.”, disse o deputado. Em sua defesa, ele afirmou só estar “expondo suas ideologias e críticas”.
 

SEM PAPAS II
A decisão foi da 26ª Vara Federal do Rio de Janeiro, em resposta à ação movida pelo Ministério Público Federal, que havia pedido R$ 300 mil em indenização. Em contrapartida ao argumento de Bolsonaro, a juíza Frana Elizabeth Mendes disse não haver problema em expressar opiniões acerca de assuntos nacionais, porém “a imunidade parlamentar não se estende a atos que ofendam, ridicularizem ou constranjam pessoas, grupos ou comunidades”.


EMOÇÕES
Sobrou lágrima no semblante emocionado de Soraia Lígia Salle, ao receber do vereador Carlão Borges (PSB) a homenagem da Câmara Municipal, no Dia da Imigração Árabe. Dedicou-a à tia-mãe (como a chamava) Chaine.
 

ROTUNDA
Imaginem o megassorriso da arquiteta Maria Clara Scardini, superintendente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional no Estado. O motivo, justificado, foi a assinatura do contrato da empresa que vai elaborar o projeto de requalificação e restauração da Rotunda da NOB, em Campo Grande. O ato, realizado no I Seminário de Memória e Preservação do Patrimônio Ferroviário, atende uma das antigas expectativas de historiadores da população, desde que a antiga RFFSA entrou em estado de abandono e sucateamento arquitetônico.
 

TODOS POR VEGAS
Após o maior ataque a tiros da história dos Estados Unidos, ocorrido no último domingo, 1º, em Las Vegas, famosos demonstram apoio às vítimas e suas famílias nas redes sociais. Madonna postou uma mensagem em seu Instagram, afirmando que “é muito fácil comprar uma 'arma' nos EUA ou ter acesso a armas automáticas”, e alerta para o fato de que “a única maneira de realmente mudar a trajetória para a qual o mundo parece seguir é mudar a nossa consciência”.
 

TRAGÉDIA EM MINAS
Além da tragédia em Vegas, nos EUA, até agora sem explicação, acabamos de ser vítimas de outra, ocorrida em Janaúba, cidade ao norte de Minas Gerais. Um segurança da creche Municipal de Educação Infantil Gente Inocente, ateou fogo nas crianças e em si mesmo. Até o fechamento da coluna, 5 crianças morreram e 40 sofreram queimaduras. Já o incendiário foi encaminhado para o hospital e se encontra em estado grave. Assim como a dos EUA, ainda não se sabe da motivação.
 

OBAMA NO BRASIL
Ontem, em São Paulo, na abertura do Fórum Cidadão Global, o ex-presidente americano Barack Obama começou seu discurso com essa: "Uma das vantagens de não ser candidato a nada é que eu não preciso aqui propor uma ideia com 10 pontos. Mas uma ideia central precisa ser dita: apesar do mundo estar mais moderno e conectado, na era da informação instantânea, infelizmente, a expectativa futura para as próximas gerações é mais negativa do que positiva. Ou mudamos nossas ações e pensamentos para a coletividade ou não vamos avançar em nenhum cenário, nem em nossa jornada como indivíduos". Obama ressaltou os novos riscos trazidos pela disseminação de discursos de ódio nas redes sociais e pediu a reformulação de pactos sociais que beneficiem o desenvolvimento dos jovens.