fernandosoares_23-06-2017

Edições anteriores

Fotos: Gabriel Santos

Carla Stephanini, Renata Saad e sua mãe, Vera Saad

 

Deborah Morbim, Margaret Dibo Lane e Mônica Simioli

 

A professora universitária Ana Cristina Medeiros e o marido, dentista Paulo Henrique Rissato

 

Ana Eliza Dibo e o pai, Luis Guilherme Formighieri

 

A engenheira Rita Figueiredo e o marido, cirurgião dentista, Wildes Figueiredo

 

Os advogados, Newley Amarilla e a esposa, Silmara Araújo Amarilla

 

Divulgação

MIMIMI
Após a polêmica da propaganda que tem a atriz Cláudia Raia como personagem principal dando chilique porque está com fome, e virando um rapaz calmo e sereno depois de comer um Snickers, a marca passou por mais uma enxurrada de críticas nas redes sociais. O motivo foi a mudança da embalagem, que agora traz 31 variações de comportamentos, que respondem à campanha “Como você fica quando está com fome?”. Devido à chegada lenta nos pontos de venda, alguns lugares receberam somente os sintomas na versão feminina, causando revolta nos internautas. Para se defender, a Snicker postou em seu Facebook que foram utilizados 16 versões masculinas e feminina s. As embalagens vão de irritado, confuso e lesado a perdidona, reclamona e tensa, entre outros. E aí, o que acharam?

 

GERMANEANDO
Em seu périplo arrebatador por território alemão, Aleida Mavignier já nem sabe contar quantas belas surpresas viveu e registrou. Entre paisagens, comidas, vinhos, eventos e pessoas ela experimentou especiais sensações no Museu da História Alemã, quando a primeira-ministra Ângela Merkel, de quem é fã, participava da festa pelos 70 anos do Plano Marshall.

 

Divulgação

NO DESERTO
As brasileiras Anitta e Pablo Vittar estão em Marrocos para a gravação do clipe do single Sua Cara, produzido com o trio internacional Major Lazer. Ontem, Anitta divulgou a primeira imagem do vídeo e a internet não está sabendo lidar. Na imagem, a funqueira e Pabllo aparecem no meio do deserto, sensualizando com figurinos de correntes douradas. Atualmente, Sua Cara é a quarta música mais ouvi da do Spotify Brasil. Em primeiro lugar está Anitta com Paradinha, enquanto Pabllo emplaca K.O. em quinto lugar. Isso que é poder, né?

 

VERGONHA
Tudo vem sendo feito à luz do dia. Em troca de apoio, Michel Temer promete, via aliados, salvar o mandato de Aécio Neves no Conselho de Ética e no plenário do Senado, caso o PSDB continue lhe dando apoio. Eta, País cansativo!
 

VAI VENDO
João Rocha e Carlão, ambos, presidente e 1º secretário da Câmara de Campo Grande, estão proibidos de assinar cheques para pagamento de verbas indenizatórias aos vereadores da Capital. No começo do ano, a mesa diretora aumentou em 100% o beneficio para atender cada parlamentar. A decisão está na liminar do Juiz David de Oliveira Gomes Filho, da 2ª Vara de Direitos Difusos. Os vereadores que aumentam a verba de R$ 8,4 mil para R$ 16,8 mil mensais, para despesas com combustível, locação de veículos, aquisição de livros, assinaturas de TV a cabo, revistas e outras mordomias mais, é resultado da ação civil movida pelo Ministério Público Estadual em que promotores afirmam que “as verbas indenizatórias afrontam os princípios constitucionais da impessoalidade, isonomia e eficiência”.
 

MAL-ESTAR
O presidente Michel Temer deve ter ficado constrangido com sua visita a Noruega, país com uma das menores corrupções do mundo. Por onde passava, manifestantes enxergavam no brasileiro a cara da corrupção, diante das inúmeras acusações de recebimento de propinas da JBS.
 

ALTERNATIVA
Mesmo preocupado com as possíveis demissões que pode gerar no Estado, nos frigoríficos, o governador Reinaldo Azambuja não teve escolha senão reduzir a alíquota do ICMS do gado, de 12% para 7%, nas operações interestaduais, para que os pecuaristas possam abater seus animais em outros frigoríficos longe de Mato Grosso do Sul. O mercado está travado e a dinâmica será para evitar esse boi estagnado, que gera prejuízo ao produtor, que não vende, e ao Estado, que não arrecada. O decreto assinado pelo governador valerá por 90 dias,
 

DANÇA
Trafega pra lá de feliz e extasiada a deslumbrante e talentosa Nidal Abdul. A dançarina foi convidada para integrar o elenco seletíssimo que compõe o novo álbum do percussionista, compositor e professor árabe Matias Hazrum. Uma música foi gravada com o nome de Nidal e ela, nas luzes de Miami, a brilhar numa constelação que inclui Saida Helou, Lakshni Garcia, Sumaya el Saved e Cesar Alejandro Insaurralde.
 

À VONTADE
Quem acompanha garante que Marquinhos Trad transita em Brasília com tanta desenvoltura que parece estar em casa. É óbvio que o prefeito tem a boa-vontade e os apoios da bancada federal. Mas mesmo sem ela, já conhece e percorre sem problemas alguns atalhos em busca de recursos e projetos para seu governo. Na mais recente incursão pela capital federal, obteve sucesso em demandas nos ministérios da Saúde e do Turismo.
 

VIAS DE FATO
Em Corumbá, um pequeno comerciante, Joberto de Souza, registrou BO na Polícia Civil contra o vereador Luciano Costa, que o teria ameaçado de morte por causa de duras críticas ao parlamentar nas redes sociais. Tem gente apreensiva com o desfecho desse desentendimento.
 

ESTANTES
Para comemorar quatro anos de profícua e indispensável existência do Projeto Giralivro, a Escola Superior de Controle Externo Escoex, vinculada ao Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul, incluiu no programa o lançamento do livro “Oswaldão, Obséquios Pantaneiros”, da escritora Raquel Anderson. Uma coincidência territorial e afetiva se registra: o presidente do TCE-MS, conselheiro Waldir Neves, é natural de Miranda, e a autora, de Aquidauana, cidades vizinhas na entrada da região pantaneira.
 

MARÉ BOA
É incrivelmente contínua e diversificada a correnteza favorável à trajetória política do senador Pedro Chaves (PSC/MS). Não bastassem as intervenções vitoriosas e incumbências honrosas de seu mandato em Brasília, acaba de ser eleito para ocupar uma cadeira na Academia Sul-Mato-Grossense de Letras e ganha da direção nacional do partido o status de excelência em representação parlamentar. Isso, em apenas um ano de mandato. Já é uma espécie de oráculo para os filiados da legenda social-cristã.
 

DIAS ESCUROS
Jornalista ficou sem suas principais armas de trabalho: o notebook e o celular, com textos já contratados, agenda e arquivos de interesse pessoal exclusivo. Depois de duas semanas, foi procurado por uma jovem de apenas 24 anos de idade, contando que seu filho, de 10 anos, havia furtado os dois objetos para trocar por droga. A criança confessou que agiu a mando da namorada da mãe, uma mulher quarentona que – é revoltante! – já estava fazendo a iniciação sexual do menino havia alguns meses.